“E como diria Lolla Martins..”
Gosto de atitudes mas sou uma eterna apaixonada por palavras.
Sou mais apaixonada ainda por atitudes e palavras, misture bem a receita e pronto, isso é tudo que eu preciso. Atitudes me deixam de pernas bambas, coração a mil. Palavras me derretem por dentro e por um instante me fazem ficar nas tuas mãos. Palavras e atitudes juntas num momento propício, num momento que as almas estão juntas numa mesma sincronia, que as vozes estão num mesmo tom, que o corpo está aconchegado no outro, que os braços envolvem a alma, que o cheiro do outro vira a essência do momento, aí sim é um momento perfeito pra se misturar atitudes e palavras. Palavras me fazem perder o chão e ir aos céus. Atitudes me fazem colocar os pés na terra novamente, como uma pena que cai delicadamente no chão.
Atitudes e palavras quando usadas por boas almas podem trazer a felicidade em instantes e te fazer voar
..

Meu nome é Mulher!

No princípio, eu era EvaNascida para a felicidade de AdãoE meu paraíso tornou-se trevasPorque ousei libertação
Mais tarde, fui MariaMeu pecado redimiriaDando a luz aqueleQue traria a salvaçãoMas isso não bastaria Para eu encontrar perdão
Passei então a ser AméliaA mulher de verdade para a sociedadeNão tinha a menor vaidadeMas sonhava com igualdade
Muito tempo depois, decidi:Não da mais!Quero minha dignidadeTenho meus ideais!
Hoje, não sou só esposa ou filhaSou pai, mãe, arrimo de famíliaSou caminhoneira, taxista, piloto de aviãoPolícia feminina, apresentadora de televisão
Ao mundo, peço licençaPara atuar onde quiserMeu sobrenome é competênciaE meu nome é mulher! 

Poema retirado carinhosamente de um dos meu livros.. [JQ]

Meu nome é Mulher!


No princípio, eu era Eva
Nascida para a felicidade de Adão
E meu paraíso tornou-se trevas
Porque ousei libertação

Mais tarde, fui Maria
Meu pecado redimiria
Dando a luz aquele
Que traria a salvação
Mas isso não bastaria 
Para eu encontrar perdão

Passei então a ser Amélia
A mulher de verdade para a sociedade
Não tinha a menor vaidade
Mas sonhava com igualdade

Muito tempo depois, decidi:
Não da mais!
Quero minha dignidade
Tenho meus ideais!

Hoje, não sou só esposa ou filha
Sou pai, mãe, arrimo de família
Sou caminhoneira, taxista, piloto de avião
Polícia feminina, apresentadora de televisão

Ao mundo, peço licença
Para atuar onde quiser
Meu sobrenome é competência
E meu nome é mulher! 

Poema retirado carinhosamente de um dos meu livros.. [JQ]

Played 0 times

Nando Reis - Por onde Andei

Goodnight Benjamin. Goodnight Daisy

(Source: fkwyr)

O verdadeiro amor nunca se desgasta. Quanto mais se dá mais se tem. (Antoine de Saint-Exupéry) 
"Chamam de amor esse querer escravo, e pensam que o amor é alguma coisa que pode ser definida, explicada, entendida e julgada. Pensam que o amor já estava pronto, formatado, inteiro, antes de ser experimentado. Mas é exatamente o oposto, para mim, que o amor manifesta. A virtude do amor é sua capacidade potencial de ser construído, inventado e modificado. O amor está em movimento eterno, em velocidade infinita”. (Paulinho Moska)
 Quando estamos vivendo um sentimento importante por alguém, desde um simples flerte, passando por um caso, um namoro, um casamento ou até uma separação. Creio que as perguntas que mais nos fazemos são: Como agir? O que falar? Como falar? O que demonstrar e o que esconder? Devo escancarar meu coração ou fingir que nem ligo? Enfim, poderiamos resumir questões como essas numa única pergunta: qual é a linguagem do amor? E eu diria que a linguagem do amor é a mais simples, mas ao mesmo tempo, a mais complexa que pode existir…   

O verdadeiro amor nunca se desgasta. Quanto mais se dá mais se tem. (Antoine de Saint-Exupéry)

"Chamam de amor esse querer escravo, e pensam que o amor é alguma coisa que pode ser definida, explicada, entendida e julgada. Pensam que o amor já estava pronto, formatado, inteiro, antes de ser experimentado. Mas é exatamente o oposto, para mim, que o amor manifesta. A virtude do amor é sua capacidade potencial de ser construído, inventado e modificado. O amor está em movimento eterno, em velocidade infinita”. (Paulinho Moska)

 Quando estamos vivendo um sentimento importante por alguém, desde um simples flerte, passando por um caso, um namoro, um casamento ou até uma separação. Creio que as perguntas que mais nos fazemos são: Como agir? O que falar? Como falar? O que demonstrar e o que esconder? Devo escancarar meu coração ou fingir que nem ligo? Enfim, poderiamos resumir questões como essas numa única pergunta: qual é a linguagem do amor? E eu diria que a linguagem do amor é a mais simples, mas ao mesmo tempo, a mais complexa que pode existir…   


the best..

the best..

Happy Valentine’s day

Happy Valentine’s day